Sejam Bem Vindos,
Louvado Seja O Nosso Senhor Jesus Cristo
R. Para sempre seja louvado!

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Horários - Novena de Nossa Sra do Carmo 2014

Irmãos e irmãs, segue as informações da nossa programação esta semana:

Novena de Nossa Senhora do Carmo

Do dia 07 a 15/07 – Durante a Semana as missas serão às 17:30hs

No Domingo Missa às 08:15hs.

Dia 12/07 –  Às 15:30Hs
Haverá em nossa capela uma Palestra para quem desejar receber o Escapulário.
Dia 16/07 – Dia de Nossa Senhora do Carmo 5 anos de nosso Carmelo Santa Missa será às 08:00hs. A recepção do Escapulário será nesse dia.



     Contamos com a presença e a oração de todos!

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

Ave Maria!

“Ninguém afaste do amor
do vosso bom Coração.
Buscai, nações, nesta fonte
as graças da remissão.

Aberto foi pela lança
e, na paixão transpassado,
deixou jorrar água e sangue,
lavando o nosso pecado.” 
(Vésperas I – Sagrado Coração de Jesus)


A Igreja celebra nesta sexta feira após o 2º domingo depois de Pentecostes a solenidade do Sagrado Coração de Jesus, conheçamos um pouco sobre a origem desta solenidade:

Histórico
Sagrado Coração de Jesus foi revelado no dia 27 de dezembro de 1673. O próprio Jesus Cristo apareceu a Santa Margarida Maria Alacoque, freira que pertencia a uma Congregação conhecida como Ordem da Visitação. A aparição aconteceu durante uma exposição do Santíssimo Sacramento. Santa Margarida teve a visão de Jesus Cristo mais duas vezes. Nas aparições, o próprio Senhor pediu para que ela divulgasse a devoção a seu Sagrado Coração.
Palavras de Jesus sobre as nove primeiras sextas feiras do mês:

"Mostrando o seu Coração transpassado pela espada, Jesus disse a Santa Margarida: 'Eis o coração que tanto tem amado os homens e em recompensa não recebe da maior parte deles, senão ingratidões pelas irreverências e sacrilégios, friezas e desprezos que tem por mim nesse sacramento do Amor. E continuou dizendo: Prometo-te pela minha excessiva misericórdia, a todos que comungarem nas primeiras sextas de nove meses consecutivos, a graça da penitência final. Estes não morrerão em minha inimizade, nem sem receberem os sacramentos. O meu Sagrado Coração lhes será refugio seguro nessa última hora.'"


As primeiras sextas-feiras, devem ser dias de reparação pela frieza, desprezo e sacrilégios, que muitas vezes sofreu na Eucaristia, por parte dos maus cristãos e dos que não acreditam em Jesus Cristo.

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus
Nessas aparições Jesus deixou 12 promessas e pediu para que Santa Margarida difundisse essa devoção para o mundo inteiro. Ela foi responsável pelo início da devoção. A Beata Maria do Divino Coração pediu ao Papa Leão XIII que consagrasse solenemente esta devoção. Em resposta, no dia 11 de junho de 1889 após a publicação de encíclica Annum Sacrum o Papa disse: "A devoção ao Sagrado Coração de Jesus é uma forma por excelência de religiosidade. Essa devoção que recomendamos a todos, será muito proveitosa. No Sagrado Coração está o símbolo e a imagem expressa do Amor Infinito de Jesus Cristo, que nos leva a retribuir-lhe esse amor. Sua festa é comemorada na primeira sexta-feira após a festa de Corpus Christi, Corpo de Cristo, na oitava da Páscoa e todo o mês de junho, é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus."

Em todas as Igrejas nas primeiras sextas-feiras, se fazem atos solenes de reparação, para estimular os cristãos e retribuir com amor tantas e tão grandes provas de amor que Jesus fez e faz por toda a humanidade.

Milagres do Sagrado Coração de Jesus
São conhecidos vários milagres no Brasil e no mundo obtidos pela misericórdia do Sagrado Coração de Jesus. Muitos casais passaram a viver em harmonia no lar, filhos foram resgatados de caminhos de perdição, pessoas se converteram, padres e religiosos perseveraram na vocação que Deus lhes deu, doenças foram curadas e infinitas graças foram concedidas. Todos esses milagres do Sagrado Coração de Jesus são obtidos pelas orações fervorosos feitas de acordo com a Vontade de Deus.

As 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus
Jesus pediu para que os fiéis participassem da Santa Missa durante as primeiras sextas-feiras em nove meses consecutivos, com uma confissão reparadora e a sagrada comunhão. E fez as doze promessas aos que atendessem ao seu pedido:

1- Dar-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado de vida.

2- Estabelecerei a paz nas famílias.

3- Abençoarei os lares onde for exposta e honrada a imagem do meu Sagrado Coração.

4- Hei de consolá-los em todas as dificuldades.

5- Serei o seu refugio durante a vida, e em especial durante a morte.

6- Derramarei bênçãos abundantes sobre seus empreendimentos.

7- Os pecadores encontrarão no meu Sagrado Coração, uma fonte e um oceano sem fim de misericórdia.

8- As almas tíbias (tímidas e vacilantes na fé) tornar-se-ão fervorosas.

9- As almas fervorosas ascenderão rapidamente a um estado de grande perfeição.

10- Darei aos sacerdotes o poder de tocar nos corações mais empedernidos.

11- Aqueles que propagarem esta devoção terão os seus nomes escritos no meu Sagrado Coração, e dele nunca serão apagados.
E a grande promessa:

12- Prometo-vos, no excesso da misericórdia do meu Coração, que o meu Amor Todo Poderoso, concederá, a todos aqueles que comungarem na primeira sexta-feira de nove meses seguidos, a graça da penitência final; não morrerão no meu desagrado, nem sem receberem os Sacramentos. O meu divino Coração será o seu refúgio de salvação nesse derradeiro momento.
Oração de consagração ao Sagrado Coração de Jesus

Divino Salvador que, perseguido pelos inimigos e ferido no Coração, pela tibieza de seus amigos, vos queixastes a Santa Margarida: Tenho procurado consoladores e não os tenho encontrado. Aqui estou Senhor para vos consolar. Quero adorar vossa Majestade escondida, quero reparar as ofensas minhas e as dos outros. Quero amar o vosso amor desprezado e abandonado. Consagro-me inteiramente ao vosso Coração. Sede Vós somente o meu Rei. Ajudai-me Senhor, a difundir nas almas o reino do vosso Coração. Acendei a chama do vosso amor no coração dos vossos sacerdotes, para que se tornem apóstolos infatigáveis e portadores das bênçãos do vosso divino Coração. Fazei que compreendam finalmente, a honra e a obrigação que tem de Vos amar, para que unidos entre si com os laços de vossa caridade, glorifiquem todos, o vosso Divino Coração, que é para nós, fonte de vida e salvação.

Divino Coração de JESUS, reinai em meu coração.

Jesus, manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao vosso!

Fonte: http://www.cruzterrasanta.com.br/historia/sagrado-coracao-de-jesus

Missa pelos benfeitores

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Irmãos e irmãs,
próximo domingo 29 de junho de 2014, a Santa Missa em nosso Carmelo será em ação de graças e nas intenções dos Benfeitores que nos ajudam continuamente, convidamos a todos no horário habitual às 8h15min. 


Deus lhes pague e abençoe!

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Discernimento no Carmelo e etapas de formação

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Como prometido, eis a explicação de como fazer discernimento vocacional no Carmelo, e também as etapas de formação que a candidata irá se submeter. Segue a explicação de nossa Mestra de Noviças:


"A vocação é um dom de Deus. Ele nos chama e nos capacita para viver tal vocação na santidade."

"Ser Carmelita é ser Maria!"

Para um discernimento vocacional para o Carmelo é necessário um contato com as irmãs: Cartas, e-mails, telefonemas e visitas ao Carmelo. Após isso um acompanhamento pessoal que é feito pela Madre e pela Mestra de noviças. O tempo desse acompanhamento depende da caminhada de cada pessoa.

Após esse período de discernimento, faz-se uma Experiência: Aspirantado de 1 a 3 meses, em que a candidata fará uma experiência na clausura num convívio com as irmãs. Após esse período a candidata passa 15 dias com a família e retorna para iniciar sua etapa de formação na Vida Carmelitana, essa formação, chamada de formação inicial consiste em:
Postulantado - de 1 ano a 1 ano e meio.
Noviciado - 2 anos.
Profissão temporária - 3 anos.
Após essas etapas a Profissão Solene, onde se faz os votos perpétuos. Na realidade essa formação inicial é uma preparação para a chamada formação permanente, pois a vida da Carmelita é uma contínua formação: O Deixar-se formar pelo Senhor.

Contato: carmelo.natalrn@hotmail.com

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Discernindo a vocação

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Quando falamos em vocação, sobre o que você pensa? A palavra vocação vem do latim [vocare] que significa "chamado". E ao associarmos isso com nossa vida de cristão, já parou para pensar e perguntar a Nosso Senhor, o que Ele quer de você e a que Ele te chama? Lembrando que para haver um chamado é necessário haver uma escuta, pensando nisso, segue abaixo 4 conselhos para discernir a vocação escritos pela Pastoral Vocacional de Formosa - GO:



"1º Conselho – Oração
A oração é elemento essencial de uma vocação. Para bem discernir é preciso também dedicação à vida de oração e encontro com Jesus. Oração é o exercício da alma que busca a Deus. Pedir ao Senhor as luzes do seu Divino Consolador para que possamos ser iluminados no discernimento da nossa vocação. Vale mais dedicar-se em oração do que mil obras nessa terra. Tire tempo para rezar. Tenha práticas de devoção Mariana como à reza do Santo Rosário. Faça momentos de adoração e participe da Santa Missa sempre que puder. Não pare naquilo que é dever, vá além do que lhe é pedido. A oração é como a lanterna nos mostrando o caminho. Sejamos homens de oração

2º Conselho – Vida Comunitária
Um elemento importante para a Vocação está presente na vida comunitária. Aquele que almeja uma vocação deve estar presente e ser participante da vida comunitária, de maneira que possa viver a fraternidade e o dom do outro, que é a imagem de Cristo. É preciso uma vivência comunitária para poder estar apto a missão e ao acolhimento. Essa vivência deve ser ainda mais especial para aqueles que buscam uma especial consagração ao Senhor. O vocacionado deve estar atento para viver em comunidade na busca do diálogo, da partilha, do perdão e da caridade. Contudo, isso não está somente válido para as vocações de especial consagração, também os que almejam o matrimônio devem estar preparados a viver a vida de comunidade como momento de especial predileção para a partilha e a prática das virtudes.

3º Conselho – Direção espiritual.
Os bons amigos procuram sempre o nosso bem e nos encher das mais intensas alegrias que vem de Deus. O que dizer então do amigo de nossa alma? O diretor espiritual é o amigo que nos ajuda na busca da Santidade de vida. A Direção espiritual é também um forte impulso para aqueles que buscam uma vocação. O diretor espiritual é aquele que nos ajuda a amadurecer na fé e na experiência do encontro com Cristo. Procure um diretor espiritual que seja de sua confiança e que conduza você aos caminhos da santidade de vida. Não tenha reservas com ele, diga todos os seus anseios, medos alegrias e dúvidas. São Josemaría Escrivá dizia que: “Quem oculta ao seu Diretor uma tentação, tem um segredo a meias com o demônio. – Fez-se amigo do inimigo”. A sinceridade e a busca da verdade são elementos indispensáveis para sermos bons dirigidos.

4º Conselho – Escutar outros vocacionados.
Converse com vocacionados que já estão mais maduros em sua caminhada vocacional: bispo, padres, seminaristas. Etc. Escute suas histórias e suas expectativas. Ouvir outros vocacionados é uma maneira de também responder a muitos questionamentos, medos e anseios que estão em nosso coração. Pergunte! Faça questionamentos para estes irmãos e procure saber mais sobre os lugares de formação e a vida de cada comunidade que você almeja ser participante. “Ir, escutar e incendiar o coração”."



Já pensou em ser Carmelita? Entre em contato com as irmãs, e elas esclarecerão suas dúvidas. Em breve postaremos sobre como é feito o discernimento vocacional no Carmelo, e as etapas de formação das irmãs. Deus os abençoe!

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Maio, mês de Maria

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

"O Carmelo é todo de Maria!", visto que não podíamos deixar de homenageá-la e falar um pouco dela neste início de mês. Jesus nos entregou Sua Mãe tão querida quando estava ainda na cruz, naquele gesto de entregá-la a João entregou a todos nós, e ao entregar João a ela, assim deixou a Santa Igreja e toda a humanidade em seus braços (Jo 19, 26-27).

A Virgem Santíssima é Mãe de Deus (dogma de fé da Igreja), e é venerável desde os primeiros cristãos. Possui vários títulos conforme a devoção de cada povo, ou cidade de aparição. Cada um desses títulos é dado para estarmos mais próximos dela: "consoladora dos aflitos, desatadora de nós, bom parto, das virgens..."

E apesar de ter sido assunta aos Céus, não deixou de guiar a Igreja ao Seu Filho, Jesus. Ao longo da história da Igreja e humanidade, fez várias aparições. A mais famosa foi aos Pastorinhos de Fátima, em que ela convidava a oração e continuar a pedir (rosário), entre outras coisas.

Nossos grandes santos(as) e doutores(as) da Igreja, tinham grande devoção pela Mãe de Jesus. São Pio de Pietrelcina se referia a ela como sua "Mamãe do Céu", São João Bosco seguiu sua vocação por causa da "Virgem Auxiliadora" a quem se entregou durante toda sua vida. Nossa Santa Madre Teresa D'Ávila entregou toda a sua fundação nas mãos dela, "o Carmelo é todo de Maria". E nossa pequena doutora, Sta. Teresinha do Menino Jesus dizia:



"Oh! Maria! Se eu fosse Rainha do Céu e Tu fosses Teresa, eu queria ser Teresa a fim de que tu fosses a Rainha do Céu."


E costumava dizer que tinha muita sorte em ter a Santíssima Virgem, mas a própria Virgem não tinha a sorte de ter uma outra Virgem Maria! Que possamos nos entregar a Nossa Senhora, não só neste mês de maio, mas fazer como os santos(as) e entregar a ela toda a nossa vida. Que a Virgem do Carmelo os abençoe!